Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Para garantir abastecimento, Sema suspende captação de água no Rio Gravataí

Publicação:

Arte: Fernando Moraes
Arte: Fernando Moraes

Foi publicada nesta sexta-feira (07/02), no Diário Oficial do Estado, a Portaria da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) que suspende, por tempo indeterminado, as captações diretas de água no Rio Gravataí, desde o ponto de captação da Corsan no município de Alvorada (latitude -29,9683; longitude: -51,0367) em direção à nascente até a confluência com a Sanga da Porteira, no limite entre Viamão e Glorinha. O motivo é o nível crítico do rio devido à falta de chuva. Apenas a captação para o abastecimento à população está mantida.

Mapa com o trecho do Rio Gravataí atingido pela portaria.
Trecho do Rio Gravataí atingido pela portaria.

A determinação considerou os levantamentos e informações técnicas da Sema e da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).  Conforme orientações do Departamento de Gestão de Recursos Hídricos e Saneamento, as condições de alerta e crítica ocorrem quando:

Estação Corsan Alvorada

Crítica: leitura abaixo de 1,30m – regime de suspensão das captações;

Alerta: leitura abaixo de 1,60m – regime intermitente de captação;

Estação Corsan Gravataí

Crítica: leitura abaixo de 0,50m – regime de suspensão das captações;

Alerta: leitura abaixo de 0,60m – regime de captação intermitente.

 

As captações poderão voltar à normalidade quando o rio sair do nível de alerta.

A Bacia Hidrográfica do Rio Gravataí estará em permanente monitoramento. Em atendimento ao inciso quarto da referida Portaria, diariamente serão atualizadas as medições nos dois pontos de referência. Os boletins podem ser conferidos através deste link. Para acessar a Portaria, clique aqui.

Texto: Vanessa Trindade

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura