Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sema participa de painel sobre resíduos sólidos durante Infra Sul GRI 2022 em Porto Alegre

Publicação:

O Rio Grande do Sul deixou de ter lixões ainda em 2015 e conta com aterros controlados e completamente adequados.
O Rio Grande do Sul deixou de ter lixões ainda em 2015 e conta com aterros controlados e completamente adequados. - Foto: Ascom Sema

A secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marjorie Kauffmann, participou, nesta quinta-feira (23/06), do painel Resíduos Sólidos: como viabilizar de vez geração de energia a partir do passivo dos aterros? A discussão fez parte da programação do Infra Sul GRI 2022, em Porto Alegre.

Modelos de negócio, regulação econômica pra a cadeia de resíduos, aproveitamento energético como solução, estruturação de projetos e cenário dos Estados do Sul foram alguns dos temas debatidos.

Durante a conversa, a secretária falou que o Rio Grande do Sul deixou de ter lixões ainda em 2015 e que o Estado conta com aterros controlados e completamente adequados.

"Hoje o Estado conta com três plantas com Licença de Operação pra geração de energia a partir do biogás emitido por aterros sanitários. Vemos os consórcios regionalizados com bons olhos. O Estado se preparou com preceitos para o licenciamento e se colocou à disposição para esclarecer e auxiliar as prefeituras sobre novas tecnologias que surgem. Em uma mesa nacional, vemos que os estados do Sul estão bem evoluídos na questão dos resíduos sólidos", afirmou Marjorie.

Participaram da mesma mesa redonda Marcos Torreão, chefe do Departamento de Estruturação de Empresas e Desinvestimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Cintia de Araújo, superintendente de Regulação Econômica da Agência Nacional de Águas (ANA), Leonardo Ferreira, secretário executivo de Meio Ambiente de Santa Catarina, e Alexandre Garcia, diretor do Departamento Municipal de Água e Esgotos de Porto Alegre.

Mais cedo, o procurador do Estado, Juliano Heinen, representou a Sema no painel sobre regionalização do saneamento.

O Infra Sul GRI 2022, na Capital, marca o segundo encontro da série de eventos regionais que tem o objetivo de se consolidar como o principal ponto de encontro do setor de infraestrutura da região Sul para discutir perspectivas de investimento e oportunidades.

 

Texto: Vanessa Trindade/Ascom Sema-Fepam

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura