Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Parque Itapuã inicia última fase do projeto piloto de reabertura das praias

Publicação:

Gestão irá avaliar qual fase do projeto teve a melhor resposta do público. Foto: Cláudio Tarta
Gestão irá avaliar qual fase do projeto teve a melhor resposta do público. Foto: Cláudio Tarta

Iniciou nesta quarta-feira (12/02), a quinta e última fase do projeto piloto de reabertura das três praias do Parque Estadual de Itapuã, uma das 23 Unidades de Conservação (UC) da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura. A iniciativa, inédita em dez anos, liberou o acesso dos visitantes às praias das Pombas, da Pedreira e de Fora, simultaneamente.

O projeto, que iniciou em janeiro, permitiu à gestão do parque verificar a adaptação das estruturas e estudar a possibilidade de abertura permanente. Em cada fase do piloto foram feitas alterações no cronograma, revezando os dias de abertura e a capacidade de público.

A bióloga e gestora da UC, Dayse Aparecida dos Santos Rocha, classificou a iniciativa como positiva e comemorou o apoio dos visitantes. “É importante lembrarmos que, além de um local turístico, estamos em uma Unidade de Conservação. Felizmente o público que tem frequentado o parque tem respeitado essa zona de conservação, o que reforça a chance de pensarmos nesse projeto a longo prazo”, reforça.  

A partir de agora, a gestão irá avaliar qual fase do projeto teve a melhor resposta do público para seguir esta programação até o fim do verão.

Confira abaixo o cronograma de abertura e capacidade de visitantes das praias da Pedreira, de Fora e das Pombas entre os dias 12 e 16 de fevereiro:

               

Quarta, quinta e sexta-feira:

Praia das Pombas – 200 pessoas

Praia da Pedreira – 150 pessoas (não possui água potável)

Praia de Fora – 150 pessoas

 

Sábado e Domingo:

Praia das Pombas –300 pessoas

Praia da Pedreira – fechada

Praia de Fora – 200 pessoas (entrada somente até meio-dia)

 

O valor do ingresso é de R$ 17,75 por pessoa. O pagamento só pode ser feito em dinheiro. Menores de 12 anos, pessoas com 60 anos ou mais e estudantes com Carteira Nacional pagam meia-entrada. Crianças até dois anos de idade são isentas.

 

Texto: Laura Maria, com supervisão de Vanessa Trindade

 

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura