Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Rio Gravataí sai do nível de alerta e atinge estabilidade, mas previsão de estiagem continua

Publicação:

-
-

As chuvas registradas no Rio Grande do Sul no último mês trouxeram um resultado positivo com relação aos níveis dos rios. O Gravataí, que apresentava níveis críticos desde o início do ano, alcançou estabilidade essa semana.

As medições, que chegaram a 1 metro em fevereiro, atingiram 2,49 metros nesta quinta-feira (18/06), saindo do nível de alerta, segundo a Divisão de Meteorologia do Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento (DRHS) da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema). No entanto, a hidróloga Marcela Nectoux explica que essa condição deve se manter apenas por um curto prazo.

 “Sempre ressaltamos que o cenário de baixa disponibilidade hídrica deve retornar como tema central a partir de agosto, já que o prognóstico climático não traz cenários otimistas no que diz respeito à recarga nas bacias gaúchas no período”, esclarece Marcela.

Monitoramento Hidrológico das bacias do Estado
Monitoramento Hidrológico das bacias do Estado - Foto: divulgação

A condição de pouca chuva, predominância de vento nordeste e temperaturas elevadas ocasionou o comprometimento da disponibilidade hídrica, o que demandou ações de gestão e regulação por parte da Sema. Entre as medidas, está a divulgação da Portaria nº 38, de março de 2020, que suspendeu as captações diretas de água no Gravataí para finalidade distinta ao abastecimento humano. O DRHS já trabalha em uma nova minuta, que revoga esta Portaria.

O monitoramento dos níveis também foi intensificado e a Sala de Situação da Sema passou a divulgar boletins diariamente com a atualização dos dados em dois pontos: Corsan-Gravataí e Corsan-Alvorada. Com a melhora dos níveis, a divulgação diária está suspensa, podendo ser retomada caso os níveis voltem a ficar críticos. No entanto, o monitoramento pode ser acompanhado por este site.

O governo do Estado vem preparando um conjunto de medidas para o enfrentamento da estiagem, com planejamento a curto, médio e longo prazo. As informações devem ser divulgadas nos próximos dias.

 Texto: Bárbara Corrêa
Edição: Vanessa Trindade

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura