Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Cartografia

RS lança primeira cartografia oficial do Estado

A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) lança, nesta terça-feira (14/8), a primeira cartografia oficial do Rio Grande do Sul. Trata-se de um conjunto de dados geoespaciais de referência, que contempla as componentes planimétricas estruturadas em bases de dados digitais, permitindo uma visão integrada do território do Estado do Rio Grande do Sul.

A base cartográfica foi desenvolvida em uma escala de alta resolução espacial, 1:25.000 (um para vinte e cinco mil), permitindo maior detalhamento da paisagem. Ela foi construída para atender primordialmente o projeto de Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) do Estado.

O conjunto de dados sobre a geografia, hidrografia, estrutura socioeconômica e sistema de transporte foi elaborado ao longo de quatro anos, com imagens de satélites e, a partir de agora, poderá servir de referência para diversas ações por parte do Poder Público e da iniciativa privada.

De acordo com a secretária adjunta da Sema, Maria Patrícia Möllmann, a cartografia adotou um conceito moderno na sua construção, visando atender demandas de gestão e planejamento territorial. "Além de pré-requisito para a elaboração do Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE), esse trabalho será uma importante ferramenta de suporte ao planejamento territorial do Estado", afirma Maria Patrícia.

O Rio Grande do Sul, até então, jamais contou com uma base cartográfica própria. A referência utilizada anteriormente havia sido feita pela Diretoria de Serviço Geográfico do Exército Brasileiro e era antiga, contendo dados de aproximadamente 50 anos atrás.

A nova cartografia, elaborada com base em imagens mais atualizadas, capturadas em 2013, apresenta informações atualizadas da paisagem, compatíveis com sua escala. Desta forma permitirá uma melhoria dos sistemas de controle de uso dos recursos hídricos, nas ações de planejamento do sistema rodoviário e nas análises dos processos de licenciamento ambiental.

Elaborado com recursos do programa Pró-Redes do Banco Mundial, o projeto recebeu um investimento de R$ 3,5 milhões do Estado. A cartografia está disponível publicamente nos sites da Sema e da Fepam, juntamente com a documentação técnica.

  Acesse aqui o Manual da Base Cartográfica do Rio Grande do Sul (.pdf 1,42 MBytes)

Acesse aqui a Base Cartográfica do Rio Grande do Sul.

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura